top of page
  • Foto do escritorAgência F5 Publicidade

Vocação, um chamado a qualquer hora.

Por Marcelo Braga de Oliveira


Cristina Oliveira

Cristo chama, cabe a nós responde “aqui estou senhor”. A vocação muitas vezes é construída passo a passo, degrau a degrau, muitas vezes me deparo com dificuldades, questionamentos, incerteza, porém o mais importante é continuar com os olhos fixos Naquele que me chamou. A caminhada no seminário está sendo uma grande experiência para mim, algo que eu Marcelo nunca imaginara. Cristo muitas vezes nos leva a caminhos que sinceramente, humanamente não consigo entender. Se você me perguntar “sempre foi seu desejo ir para o seminário? ” eu nunca imaginei, meu desejo sempre era ter uma família, ter muitos filhos, a princípio se Deus permitisse, seria oito filhos, porém nem sempre a nossa escolha e a mesma que a de Deus. Nas primeiras semanas de seminário, me questionava, Senhor é isso mesmo? E com os tempo e muita oração, fui percebendo que o sacerdócio era sim, a minha real vocação. Claro que ainda me vem as famosas crises, sair do seminário, só semestre passado eu pensei algumas vezes, mas Deus sempre nos detalhes me mostra que estou no caminho correto.

A minha vocação é algo que foi e está sendo lapidada gradualmente, existe o Marcelo do seminário propedêutico de 2019, que não sabia nem o rumo que o seminário ficava, com muitos medos, incertezas, questionamentos, coisas que lentamente fui conseguindo compreender e aprender a lidar, e existe o Marcelo de hoje claro com muitas fraquezas, porém com uma certeza que cada vez mais cresce, que o sacerdócio é sim, a minha vocação. Dom Henrique Soares (In Memoriam), um futuro santo da Igreja, deixou uma frase que desde a primeira vez que eu ouvi, tocou o meu coração e me mostrou a ainda mais o caminho que tenho que seguir “Senhor que eu empregue a minha vida numa causa que vale apena”. Eu peço a Deus sempre, que eu seja um futuro e santo Sacerdote, e que eu consiga, salvar pelo menos uma alma para o reino, que eu seja um sacerdote do povo, que eu leve Cristo ao povo, que eu reze pela salvação do povo, mas seguindo aquilo que a Igreja Católica Apostólica Romana me pede.

Cada um tem a sua vocação, ela pode florescer cedo ou tarde mais tenha certeza, Deus ira te mostra qual será a sua, o importante é você aceitar os desígnios de Cristo, e sempre rezar para que Ele sempre seja o seu alvo principal, e lembre sempre que Cristo chama, cabe a você responder ao seu chamado.



Cristina Oliveira

120 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page